Top Trânsito
Portal Fronteiriço
Alemão - Super Banner
Imobiliária Fred Janot
Ropel Distribuidora de Bebidas - Super Banner
Portal Fronteiriço
Portal Fronteiriço

Tragédia em Saudades/SC - Homem com facão invade creche e mata crianças e professoras

.

04/05/2021 12h01Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Fonte: RD Mais / Aliança FM / G1 / O Municipio / Rádio Uirapuru FM

Atentado aconteceu na manhã desta terça-feira (04/05) no Centro do município

Um homem de 18 anos armado com um facão invadiu uma escola infantil na manhã desta terça-feira (4), em Saudades, no Oeste catarinense, e matou várias pessoas.

A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros Militar e pela Secretaria Municipal de Saúde. “É uma tragédia”, disse o comandante do 2º BPM de Chapecó. 

 Três crianças e uma professora morreram após um ataque em uma escola infantil de Saudades, no Oeste de Santa Catarina, nesta terça-feira (4). O suspeito, um jovem de 18 anos, foi detido e levado a um hospital após o crime.

O delegado regional de Chapecó, Ricardo Newton Casagrande, afirmou que o jovem entrou no local e atingiu as vítimas com um facão. Chamada Aquarela, a escola atende crianças de 6 meses a 2 anos.

De acordo com o 2º Batalhão da PM de Chapecó, que prestou apoio na ocorrência, a corporação começou a receber várias ligações de moradores e funcionários pedindo socorro por volta das 10h35. Segundo os relatos, um pessoa que entrou na escola estava golpeando alunos e professores com um facão.

A secretária municipal de Educação, Gisela Hermann, afirmou que as cenas no local eram de terror.

“Chegamos lá, uma cena de terror. Consegui entrar na escola. Tinha um cara deitado no chão, mas ainda vivo, uma professora morta, uma criança morta também. A sala estava fechada, não deixaram a gente entrar."

O Corpo de Bombeiros foi ao local para isolar a área (veja fotos abaixo).

O município tem 9,8 mil habitantes e fica cerca de 70 quilômetros de Chapecó, a maior cidade do Oeste catarinense, e 600 quilômetros de Florianópolis.

Repercussão

A Governadora do estado, Daniela Reinehr, decretou luto oficial de três dias.

"Manifesto profunda tristeza e presto minha solidariedade. Determinei que o Governo dê todo o amparo necessário às famílias", escreveu a governadora em uma rede social.

Delegado Ricardo Newton Casagrande fala sobre invasão de escola no Oeste de Santa Catarina

As duas funcionárias da Escola Infantil Pró-Infância Aquarela, de Saudades, no Oeste de Santa Catarina, mortas durante o ataque de um jovem de 18 anos, foram identificadas na tarde desta terça-feira (04).

De acordo com a matéria publicada pela Rádio Uirapuru FM as vítimas foram a agente educacional da escola, Mirla Renner, de apenas 20 anos, e sua colega, a professora Keli Adriane Anieceviski, de 30 anos. As duas servidoras fizeram aniversário em janeiro deste ano. Nas redes sociais, familiares e amigos lamentaram as mortes e já declararam luto.  Além delas, as três crianças mortas durante o ataque também foram identificadas como Anabela, Sara Luisa e Murilo. Todas completariam dois anos no segundo semestre deste ano. 

Identificado jovem que cometeu atentado em creche no Oeste de Santa Catarina 

Foi identificado o jovem de 18 anos que cometeu um atentado em uma creche de Saudades, no Oeste de Santa Catarina. Trata-se de Fabiano Kipper Mai. Ele completou 18 anos há um mês e um dia. 

A informação foi confirmada pela Delegacia Regional de Chapecó. Após cometer o crime, Fabiano tentou tirar a própria vida. Ele está internado no hospital em estado grave.  Abaixo a foto divulgada da arma branca utilizada no crime:

Quem é o autor do ataque a creche em SC que deixou cinco mortos?

 

Segundo divulgação do NSC Total a Polícia encontrou R$ 11 mil em espécie na casa do autor do crime, além de outros objetos. De acordo com o delegado Jerônimo Marçal Ferreira, ele invadiu a Escola Infantil Pró-Infância Aquarela e feriu a professora na entrada da unidade. Ela teria então corrido para a sala onde estavam quatro crianças, todas menores de dois anos. Além deles, o suspeito atacou uma agente de saúde que fazia um trabalho no local no momento do crime. Na casa do suspeito, a polícia encontrou o computador que deverá ser analisado pela polícia, as embalagens das duas facas utilizadas no crime e cerca de R$ 11 mil em espécie. Conforme o relato dos pais à polícia, ele trabalhava e o valor estava sendo guardado. Os motivos, no entanto, não foram informados.

— Ele trabalhava, não saía muito. Era um rapaz mais "quietão" – pontua o delegado.

Segundo divulgado pelo Yahoo Notícias. Após esfaquear três crianças e duas professoras de uma escola infantil do município de Saudades, em Santa Catarina, o suspeito de 18 anos apontado como responsável pelo ataque cortou o próprio pescoço com a faca utilizada para matar suas vítimas. Ele não conseguiu concluir a tentativa de suicídio e ficou estirado no chão. “Ele estava sangrando bastante, mas permaneceu consciente. Perguntava quantas pessoas tinha matado. E dizia que queria morrer”, diz o soldado Raphael Blazech, do Corpo de Bombeiros de Santa Catarina, que fez parte do primeiro grupo da corporação a chegar ao Centro de Educação Infantil Aquarela, minutos após o ataque que causou a morte de três crianças e duas professoras. O militar relata a cena de pânico que presenciou no local. “Era muita correria, muito desespero, com as pessoas gritando. Encontramos duas crianças mortas, assim como uma professora. Resgatamos uma outra professora e um terceiro aluno”, explicou Blazech. Os dois feridos morreram no hospital público da cidade. “Infelizmente, não conseguimos salvar nenhuma das vítimas”, lamentou o militar do Corpo de Bombeiros. O autor do ataque foi levado para outra unidade de saúde no município vizinho de Pinhalzinho e, horas depois, acabou transferido para um hospital em Chapecó.

Alerta para novos ataques contra crianças circula em áudio pelo Whatsapp

Conforme áudio que circula através de grupos de WhatsApp, a Polícia Civil catarinense teria apreendido o computador de Fabiano, no qual consta a informação de mais ataques que estariam sendo articulados por um grupo para ocorrer no dia de hoje contra crianças de creches dos municípios próximos à cidade de Saudades. No aúdio, foi emitido um alerta para que os pais tirem as crianças das creches. 

A Polícia Civil divulgará uma nota oficial sobre o assunto nas próximas horas. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.