Alemão - Super Banner
Portal Fronteiriço
Imobiliária Fred Janot
Portal Fronteiriço
Ropel Distribuidora de Bebidas - Super Banner
Top Trânsito
Portal Fronteiriço

5ª Olimpíada Nacional de Aplicativos aborda o tema “Fome zero e agricultura sustentável”

.

03/05/2021 08h59
Por: Redação
Fonte: Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Reprodução
Reprodução

Estão abertas as inscrições para a 5ª Olimpíada Nacional de Aplicativos (Onda). Neste ano, o tema da é “Fome zero e agricultura sustentável”, um dos objetivos de sustentabilidade da Agenda 2030 da ONU. Participam da olimpíada estudantes de Ensino Médio de todo o país, incluindo cursos técnicos e Educação de Jovens e Adultos (EJA), que propõem projetos de aplicativos relacionados ao tema da edição. A Onda é uma realização da Universidade Estadual do Rio Grande do sul (Uergs) e integra o projeto Educar para Inovar, fruto de uma parceria da instituição com a Secretaria Estadual de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict).

De acordo com a coordenadora da olimpíada, Débora Matos, a 5ª Onda pretende fomentar discussões relevantes sobre o tema da edição e promover um olhar crítico relacionado à agricultura sustentável e à segurança alimentar, a fim de colaborar com soluções a partir do uso de tecnologias, como os aplicativos, que possam auxiliar no desafio de reduzir a fome no Brasil.

“Este tema tornou-se ainda mais relevante considerando o aumento da insegurança alimentar, principalmente no último ano em nosso país, situação que se agravou com a pandemia. Observando a atual realidade da população brasileira, é urgente que medidas para erradicar a fome e promover a agricultura sustentável sejam aplicadas”, argumenta a coordenadora.

“Devido às incertezas da situação do nosso planeta após a pandemia e levando em consideração as dificuldades que já estamos vivenciando, como a desaceleração da economia e o aumento da pobreza, é necessário promover ainda mais práticas agrícolas sustentáveis, através da agricultura familiar, com acesso equitativo à terra, à tecnologia e ao mercado”, acrescenta.

Organização e inscrições

As equipes devem ser compostas de duas a quatro pessoas, estudantes do Ensino Médio, sob orientação de uma professora ou professor. É permitido que estudantes de graduação atuem na coorientação das equipes. Essa iniciativa busca aproximar estudantes de graduação e da Educação Básica, a fim de proporcionar a troca de conhecimentos entre estudantes de diferentes níveis da educação.

O prazo para inscrições é até 21 de maio, e elas devem ser feitas pela professora ou professor orientador. Na próxima etapa, as equipes aprovadas desenvolverão o seu projeto de aplicativo e apresentarão o problema que buscam solucionar, a justificativa e a solução proposta, além de um esboço das telas do aplicativo.

Canais de divulgação da Onda

Todas as informações sobre a 5ª Onda são divulgadas em uma página no Facebook. Além disso, são divulgados na fanpage conteúdos que possam apoiar e incentivar a participação na olimpíada, assuntos como elaboração de projetos, desenvolvimento de aplicativos e de pitch vídeos, entre outros. As informações sobre as etapas também são atualizadas no aplicativo da Onda. O app pode ser instalado em qualquer smartphone com sistema operacional Android.

No canal da Onda no YouTube, são realizadas lives que ficam disponíveis para acesso a qualquer tempo por quem quiser saber mais sobre as olimpíadas.

Texto: Daiane de Carvalho Madruga/Ascom Uergs
Edição: Secom

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.