Top Trânsito
Alemão - Super Banner
Portal Fronteiriço
Ropel Distribuidora de Bebidas - Super Banner
Portal Fronteiriço
Imobiliária Fred Janot
Portal Fronteiriço

Sargento da Brigada Militar é morto em São Nicolau durante patrulhamento

Indivíduo que efetuou os disparos também foi morto

01/05/2021 08h28Atualizado há 2 semanas
Por: Redação
Fonte: Radio São Luiz

Nota da Brigada Militar:

A guarnição da Brigada Militar em patrulhamento na imediações do Hospital de São Nicolau, foi surpreendida por um indivíduo que efetuou diversos disparos de arma de fogo contra a viatura da BM sendo que os disparos todos foram feitos na direção do Patrulheiro, Sgt Adair, que estava no banco do carona. Houve reação do motorista e o autor do fato também foi alvejado. Ambos foram socorridos e o Sgt Adair faleceu no Hospital de São Nicolau. O indivíduo faleceu no Hospital de São Luiz Gonzaga. A arma do indivíduo estava em seu nome. As despedidas do Sgt Adair serão realizadas na cidade de Dezesseis de Novembro, Igreja do Evangelho Quadrangular. 

2º sargento Adair de Melo Porto, vitimado na ação, era da guarnição de Dezesseis de Novembro

O major Edilson Della Flora Góes, comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva Missões (CRPO Missões), falou sobre a ocorrência registrada por volta da meia-noite deste sábado com a Rádio São Luiz, 1º, no município de São Nicolau, na qual acabaram mortos o 2º sargento Adair de Melo Porto e o seu agressor.

Conforme Góes, a ocorrência iniciou em uma abordagem de trânsito de rotina. O indivíduo não respeitou a ordem de parada e fugiu. A guarnição já tinha informação de que este condutor estaria alterado no trânsito; ele era uma figura conhecida na cidade.

Quando o efetivo estava na sede operacional confeccionando o documento da ocorrência perceberam que faltava o endereço e se deslocaram para o local no intuito de complementar essa informação. O local fica junto a um ponto de venda de bebidas.

Ao se aproximar do endereço o grupo foi surpreendido por disparos de arma de fogo que atingiram o sargento Adair, no banco do carona. O motorista da viatura conseguiu sair do veículo e revidar. Ambos foram socorridos, mas o militar acabou não resistindo e morreu no Hospital São Nicolau. O atirador morreu no Hospital de São Luiz Gonzaga.

O major comentou que o agressor não tinha antecedentes criminais graves que justificassem uma reação neste nível. Há possibilidade de que ele estivesse embriagado ou sob o efeito de algum entorpecente, mas é algo que a Brigada não pode confirmar até porque ele não respeitou a ordem de parada para verificação. A arma utilizada no crime estava em nome do atirador. 

Esta é a primeira morte de um brigadiano em serviço (na área do CRPO) desde o caso envolvendo o soldado Fabiano Heck Lunkes, que foi morto durante cerco aos assaltantes de banco em Porto Xavier, em 25 de abril de 2019. O sargento Adair era do efetivo de Dezesseis de Novembro e estava em São Nicolau por conta da união de efetivos para as patrulhas. Isso ocorre por causa do déficit de pessoal.

Adair será velado na Igreja do Evangelho Quadrangular e seu corpo será sepultado, com honras militares, em São Luiz Gonzaga. Os horários ainda não foram divulgados.

Fonte: Assessoria de Comunicação do 14º BPM/ Rádio São Luiz

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.