Terça, 17 de Maio de 2022

Poucas nuvens

São Borja - RS

Politica Portal Fronteiriço

Vereadores aprovam lei que proíbe uso de linguagem neutra em escolas de Porto Alegre

Veto também deverá ser aplicado a toda e qualquer comunicação emitida pela prefeitura de forma direta e indireta. Em julho do ano passado, alunos de uma escola municipal receberam material com linguagem neutra

05/05/2022 às 09h23 Atualizada em 05/05/2022 às 10h37
Por: Redação Fonte: GZH
Compartilhe:
Vereadores aprovam lei que proíbe uso de linguagem neutra em escolas de Porto Alegre

A Câmara de Vereadores de Porto Alegre aprovou nesta quarta-feira (4) o projeto de lei que proíbe o uso da chamada linguagem neutra em escolas da Capital. O texto também veta o emprego do dialeto neutro, que é conhecido também como linguagem não-binária, em toda a comunicação escrita e verbal com a população em geral, realizada por parte da administração pública municipal direta e indireta.

A linguagem neutra representa pessoas não binárias — que não se identificam com o gênero masculino ou feminino — através de substantivos, adjetivos e pronomes neutros, como "menine", "todxs" e "amigue". Seu uso aumentou nos últimos anos como forma de inclusão de transexuais, travestis, queer, intersexuais e demais não binários, para que a fala e a escrita promovam maior inclusão.  

Pelo texto aprovado, as escolas devem usar a "língua portuguesa de acordo com as normas e orientações legais de ensino", sendo obrigatório o uso das "normas e orientações estabelecidas nos termos da Lei Federal nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, pelo Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (Volp) e pela gramática elaborada nos termos da reforma ortográfica ratificada pela comunidade dos países de língua portuguesa (CPLP)."

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias