Terça, 17 de Maio de 2022

Poucas nuvens

São Borja - RS

Policial Portal Fronteiriço

Ex-lutador de MMA é assassinado a facadas em Pelotas (RS)

Maiquel Falcão foi atingido com dois golpes no abdômen. O ex-lutador foi hospitalizado, mas não resistiu

24/01/2022 às 15h24 Atualizada em 24/01/2022 às 15h54
Por: Redação Fonte: Globo Esporte
Compartilhe:
Ex-lutador de MMA é assassinado a facadas em Pelotas (RS)

O lutador de MMA, Maiquel Falcão, foi morto a facadas nesta madrugada em Pelotas, no Rio Grande do Sul. De acordo com o jornal "Diário Popular", ele foi encontrado, ainda com vida, com duas facadas no abdômen e levado ao Pronto Socorro da cidade, por volta das 3h da manhã, mas não resistiu aos ferimentos.

Segundo a publicação, o boletim de ocorrência conta que Falcão foi encontrado pela Brigada Militar caído na calçada em frente a uma distribuidora de bebidas, e perto de seu corpo havia algumas garrafas quebradas. A Delegacia de Homicídios de Proteção à Pessoa investiga o crime.

Não havia testemunhas no local.

Com 40 vitórias e 20 derrotas na carreira, Maiquel Falcão chegou a competir em alguns dos principais eventos do mundo, como o UFC e o Bellator. Nos dois, porém, acabou cortado após se envolver em problemas fora do ringue.

Maiquel Falcão, ex-lutador de MMA e do UFC, foi assassinado a facadas na madrugada deste domingo (23/1) em Pelotas, no Rio Grande do Sul.

Falcão foi encontrado ferido com dois golpes de faca na região do abdômen em frente a um bar. O ex-lutador chegou a ser hospitalizado, mas não resistiu.

Maiquel Falcão tinha 40 anos e teve uma passagem pelo UFC, mas acabou demitido em 2011.

Após estrear no Ultimate com vitória, em 2010, o lutador foi demitido meses depois com uma notícia de que ele teria sido preso alguns anos antes por agredir uma mulher. Em 2013, no Bellator, a passagem do lutador chegou ao fim depois que ele se envolveu em uma briga em um posto de gasolina. Sua última luta foi em outubro do ano passado, quando perdeu para Nemanja Neveric, em um evento na Sérvia.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias