Sábado, 29 de Janeiro de 2022
21°

Poucas nuvens

São Borja - RS

Policial Portal Fronteiriço

Polícia prende três suspeitos no RS de envolvimento no desaparecimento de jovem em Florianópolis

Todos foram levados para a delegacia de Laguna, no Sul de Santa Catarina, para serem interrogados; jovem desapareceu no dia 14 de novembro em Jurerê Internacional, em Florianópolis

03/12/2021 às 14h42
Por: Redação Fonte: ND Mais- Notícias de Santa Catarina
Compartilhe:
Polícia prende três suspeitos no RS de envolvimento no desaparecimento de jovem em Florianópolis

Após 18 dias do desaparecimento da jovem de 21 anos Amanda Albach, moradora de Fazenda Rio Grande, região metropolitana de Curitiba, três suspeitos de envolvimento foram presos na quinta-feira (2) em Canoas, no Rio Grande do Sul. As prisões dos dois homens e uma mulher foram feitas pela Polícia Civil de Laguna, no Sul catarinense, em parceira com agentes do estado gaúcho.

A jovem está desaparecida desde o dia 15 de novembro, após passar o feriado no litoral catarinense e a polícia busca informações sobre o paradeiro dela.

O responsável pela ação de captura dos suspeitos, o agente Daniel Pinho, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Canoas, informou que o grupo tentou fugir quando percebeu a chegada da polícia.

"Os dois homens, o namorado e o irmão da mulher, estavam dentro de um carro estacionados na frente de uma casa. Assim que viram a polícia tentaram fugir e chegaram a jogar o carro em cima das viaturas, mas foram contidos. A mulher pulou o muro da casa e foi encontrada na casa de um vizinho", disse Pinho.

O delegado responsável pelo caso Bruno Fernandes disse nesta sexta-feira (3) que está em diligências, mas não deu mais detalhes sobre o andamento das investigações.

"Um balanço [da operação] e o repasse de informações se dará após o término destas diligências", afirmou Fernandes.

Segundo o advogado da família de Amanda, Michael Pinheiro, o último contato feito pela jovem foi na noite do dia 15 de novembro.

"Ela mandou uma mensagem para os pais, por volta das 20h40, dizendo que voltaria de madrugada para Fazenda Rio Grande. A partir daí, não se teve mais nenhuma notícia sobre ela. O celular está desligado e a Amanda nunca mais acessou o WhatsApp", afirmou.

Amanda tem uma filha de 2 anos e, sempre que viajava, falava com ela diariamente, disse a família.

Viagem com amigos

De acordo com a família, Amanda viajou com um casal de amigos para passar o feriado de 15 de novembro em Imbituba e não foi mais vista.

De acordo com o representante da família, o casal de amigos alega ter visto a jovem pela última vez em uma festa na Praia de Jurerê, em Florianópolis.

"Estes amigos dela falaram que saíram da festa e não a viram mais. Estamos com dificuldade de ter contato com outras pessoas que estiveram com ela. A família realizou o Boletim de Ocorrência no Paraná e a Polícia Civil de Florianópolis também está investigando", disse o advogado.

Conforme a família, a jovem passou, há três meses, a viajar com frequência para Santa Catarina, onde trabalhava como promotora de vendas.

"Ela sempre deu notícias, nunca aconteceu de desaparecer assim. A família está muito preocupada e eu estou prestando todo o apoio para eles", concluiu Pinheiro.

Quem souber informações sobre Amanda pode entrar em contato com a Polícia Civil pelo telefone: (48) 3665-4715.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias