Domingo, 05 de Dezembro de 2021
28°

Poucas nuvens

São Borja - RS

Esportes Portal Fronteiriço

Inter é derrotado pelo Cuiabá e segue fora do G-6 do Brasileirão

.

18/11/2021 às 10h21
Por: Redação Fonte: Gaúcha ZH
Compartilhe:
AssCom Dourado/ Divulgação
AssCom Dourado/ Divulgação

Na estreia do uniforme preto, em homenagem ao mês da Consciência Negra, o Inter foi derrotado por 1 a 0 para o Cuiabá, nesta quarta-feira (17), na Arena Pantanal, pela 33ª rodada do Brasileirão. O único gol da partida foi marcado por Elton, de pênalti, aos 23 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, a equipe colorada manteve a sequência negativa fora de casa. Essa foi a quarta derrota seguida longe do Beira-Rio, o que mantém o time na sétima posição, com 47 pontos.

Para começar o jogo, Aguirre optou por deixar Edenilson no banco de reservas, já que ele retornou da Seleção Brasileira pela manhã e teve pouco tempo de descanso. Assim, Palacios foi mantido centralizado no meio-campo, com Caio Vidal aberto pela direita. Na defesa, Mercado foi o escolhido para substituir Cuesta.

A primeira chegada ao ataque foi dos donos da casa. Aos 5 minutos, Clayson tentou a finalização, mas Bruno Méndez cortou. A resposta colorada veio dois minutos depois, com boa cabeçada de Patrick, defendida por Walter — mas o árbitro assinalou impedimento.

O Inter até chegou a dominar as ações por alguns instantes, mas foi o Cuiabá que assustou novamente com Clayson, aos 13, mas o atacante invadiu a área e demorou a chutar, sendo travado por Mercado. No escanteio, Uendel mandou na área e Jenison cabeceou para fora.

O jogo teve de ser paralisado aos 19 minutos, já que diversos refletores da Arena Pantanal se apagaram. A partida voltou nove minutos depois, e logo no primeiro lance Clayson tabelou com Pepê e chutou para fora, com perigo. O Inter não conseguia reter a bola, mas o Cuiabá tinha dificuldade para entrar na área colorada.

Em um primeiro tempo fraco tecnicamente, as únicas finalizações contra o gol do time da casa foram de Yuri Alberto e Rodrigo Dourado, ambas após cruzamentos de Paulo Victor. Os dois, porém, cabecearam fraco, nas mãos de Walter. O lance mais perigoso seria, mais uma vez, do Cuiabá, que obrigou Lomba a fazer boa defesa após chute de Rafael Gava.

Após uma etapa inicial ruim, Aguirre teve de chamar Edenilson para o segundo tempo. O camisa 8 entrou no lugar de Caio Vidal, mas as posturas das duas equipes permaneciam as mesmas do primeiro tempo, com o Cuiabá no ataque e o Inter tentando, sem êxito, as transições rápidas.

O Inter até chegou em cabeçada de Patrick, aos nove, mas sem muito perigo. Em contrapartida, o Cuiabá perdeu grande chance de abrir o placar aos 11, quando Paulão fez um belíssimo lançamento para Clayson, que apareceu entre os zagueiros colorados e chutou por cima. Em seguida, Paulão tentou de bicicleta, mas Lomba defendeu.

A resposta do time gaúcho veio com Edenilson, duas vezes. A primeira aos 15, quando foi lançado e bateu para fora. Depois, aos 20, ele arriscou de fora da área e Walter defendeu.

Mas a atuação ruim do Inter não sairia ilesa. Felipe Marques chegou pela direita, cruzou e a bola bateu no braço de Johnny, que tentava o corte. Imediatamente, o árbitro Paulo Roberto Alves Junior marcou o pênalti. Na cobrança, aos 23 minutos, Elton fez 1 a 0 para o Cuiabá.

Para tentar o empate, Aguirre colocou o centroavante Matheus Cadorini na vaga de Johnny. E o Inter se jogou ao ataque. Na primeira chance, Patrick aproveitou a sobra e chutou para fora. Depois, Cadorini cabeceou para defesa tranquila de Walter.

Se de um lado Jorginho sacou Clayson e Rafael Gava para colocar dois jogadores de defesa, Aguirre tentava dar mais força ofensiva ao time com as entradas de Juan Cuesta e Thauan Lara nas vagas de Palacios e Paulo Victor. Porém, pouco aconteceu nos minutos finais e o jogo que teve apagão no estádio, teve um Inter completamente apagado em campo.

O Colorado volta a campo no próximo sábado, às 21h30min, no Beira-Rio, para encarar o Flamengo pela 34ª rodada do Brasileirão. A partida será exatamente uma semana antes da final da Libertadores, entre o time carioca e o Palmeiras, em Montevidéu, no Uruguai.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias