Domingo, 05 de Dezembro de 2021
28°

Poucas nuvens

São Borja - RS

Policial Portal Fronteiriço

Madrugada deste feriado 15/11 é marcada por perturbação de sossego em São Borja

.

15/11/2021 às 17h00 Atualizada em 15/11/2021 às 18h30
Por: Redação Fonte: Comunicação Social 2ª BPAF / Redação
Compartilhe:
Madrugada deste feriado 15/11 é marcada por perturbação de sossego em São Borja

A Madrugada deste feriado (15/11) é marcada por ocorrências de perturbação do sossego, confira as ocorrências atendidas pelas guarnições da Brigada Militar: 

Festa com mais de 200 pessoas:

Por volta das 02h56 de (15/11) uma guarnição deslocou-se para atender uma ocorrência de perturbação onde no local, as vitimas, dois senhores relataram que seu vizinho estava promovendo uma festa e que o som estava muito alto, além de ter diversos gritos e algazarras que eram audíveis dentro da casa das vítimas e que ainda as festas e perturbações são recorrentes, desejando representar criminalmente contra o acusado.

Ao chegar ao local a guarnição constatou apenas os gritos e algazarras e ao estabelecer contato com o acusado foi verificado que no pátio da residência havia aproximadamente 200 pessoas,  o mesmo após ser devidamente identificado  foi questionado com relação a aparelhagem de som,  respondendo que amigos retiraram do local  com a chegada da Brigada Militar. Confeccionado no local um Termo Circunstanciado.

A vizinha do barulho:

Por volta das 03h50 de (15/11) uma guarnição atendeu uma ocorrência de perturbação onde a vitima, uma mulher, relatou que sua vizinha estava com a aparelhagem de som em volume muito alto, audível dentro da casa da vítima, informando ainda que a autora jogou uma garrafa de vidro em sua direção e  lhe ameaçou dizendo  "vocês vão se arrepender".

A vítima manifestou o desejo de  representar criminalmente, na chegada da guarnição no local não foi constatado som alto, não sendo  apreendido, sendo apenas apreendido uma garrafa de vidro que estava no pátio da vítima. Além disso a vitima  reforçou sua queixa para a guarnição, relatando que o som estava em volume muito alto antes dos policiais  chegarem. Confeccionado um Termo Circunstanciado no local.

Além dessas ocorrências atendidas no dia (15/11). No dia (14/11) ocorreu outro caso de perturbação do sossego e/ou tranquilidade.

O vizinho com facão que ameaça e se recusa a baixar o som: 

No dia (14/11) por volta das 20h06, uma guarnição deslocou-se para atender uma ocorrência de perturbação. No local fez contato com um senhor que alegou que o seu vizinho estava com uma caixa de som na área de sua casa com o volume muito alto e que o som era audível de dentro da casa da vitima.

Informou também que pediu para o acusado baixar o som que o mesmo disse: "não vou baixar vou te matar e te arrastar na rua", diante desses fatos a vítima ligou para o telefone de emergência, 190. Além disso relata ainda que as perturbações são recorrentes e manifesta a vontade de representar criminalmente contra o acusado. Já o acusado declara  que estava em sua residência com sua família escutando som, que o seu vizinho foi até a frente da sua casa empunhado uma faca e lhe disse:"se tu não baixar a música vou te matar". A vitima que se queixava do som alto, aclarou que não havia motivo para fazer tal ameaça e também desejou representar. Confeccionado pela guarnição um Termo Circunstanciado.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias