Sexta, 17 de Setembro de 2021
16°

Chuva

São Borja - RS

Saúde Portal Fronteiriço

CTI do HIG organiza capacitação aos colaboradores da unidade com referência ao processo de doação de órgãos

.

09/09/2021 às 13h42
Por: Redação Fonte: Comunicação Social - Hospital Ivan Goulart
Compartilhe:
Imagem: Assessoria de Comunicação e Imprensa - HIG.
Imagem: Assessoria de Comunicação e Imprensa - HIG.

Nesta quarta-feira, pela manhã e tarde, o CTI - Centro de Tratamento Intensivo, organizou uma capacitação aos colaboradores da unidade com relação ao processo de doação de órgãos. Recorda-se ainda, que o mês de setembro, na área da saúde, também é marcado pela campanha Setembro Verde, a qual busca incentivar a doação, no intuito de que cada vez mais, se possa diminuir as filas para transplantes de órgãos e, neste sentido, ajudar quem precisa. 

A capacitação foi ministrada pela enfermeira do CTI, Valéria Lavarda Martins com mediação da Coordenadora da Unidade e do Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital Ivan Goulart, Suelen Ferster. 

Portanto, Valéria explicou o modo com que se deve ser realizada a condução das ações por parte da equipe de saúde diante de um potencial doador de órgãos. Além disso, a enfermeira salientou que para o processo de doação ocorrer, é necessário que o indivíduo evolua o quadro clínico para morte encefálica, ou seja, em que há a perda completa e irreversível das funções encefálicas (cerebrais), a qual a pessoa vem a óbito, conforme regulamentado na Lei de nª 9.434.

Ainda conforme a Enfermeira Coordenadora, Suelen, uma só pessoa pode salvar várias vidas em um leque de possibilidades para doação. Para tanto, ela explica que para ser um doador, não é necessário deixar algo documentado, entretanto é fundamental comunicar à família a respeito do desejo de doação, pois uma das principais causas da não efetivação se dá pela negativa familiar.

Sendo assim, existe um protocolo a ser seguido, conforme as orientações do Ministério da Saúde após a constatação de morte encefálica, este que pode ou não ser aceito pela família do possível doador. Passo a passo esse que foi abordado no dia de ontem pela equipe do Centro de Tratamento Intensivo.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias