Sexta, 17 de Setembro de 2021
16°

Céu encoberto

São Borja - RS

Geral Portal Fronteiriço

Mulher é vacinada três vezes em Santa Maria com tipos diferentes de imunizante

Após um erro na aplicação da segunda dose, funcionária pública de 52 anos foi chamada para ser imunizada novamente. Prefeitura monitora o caso.

01/09/2021 às 14h47 Atualizada em 01/09/2021 às 15h09
Por: Redação Fonte: Bei
Compartilhe:
Foto: Maurício Barbosa (Bei)
Foto: Maurício Barbosa (Bei)

Uma mulher de 52 anos afirma ter sido vítima de pelo menos dois erros durante a vacinação em Santa Maria. Ela foi vacinada três vezes, com imunizantes de duas farmacêuticas diferentes. O caso foi registrado em boletim de ocorrência na Polícia Civil. A prefeitura confirmou os fatos e, em nota, afirma que o caso está sendo apurado e que medidas estão sendo tomadas para evitar novos erros. A situação é monitorada pela Secretaria Estadual de Saúde.   

A funcionária pública Carmem Regina Diniz Abbad, de 52 anos, contou na noite de terça-feira, como tudo aconteceu. Segundo ela, após um erro na aplicação da segunda dose, em 31 de julho, quando o imunizante teria escorrido pelo braço, a situação foi notificada à Secretaria Estadual de Saúde. Após período de monitoramento, Carmen foi chamada para receber uma terceira dose na terça-feira. Porém, na ocasião, a funcionária que a vacinou teria aplicado o imunizante CoronaVac, e não o da Oxford/AstraZeneca, que seria o correto. 

- A enfermeira responsável veio e me pediu desculpas, falando que havia me vacinado com uma dose de CoronaVac e não da Oxford/Astrazeneca. Ela rasgou a minha carteirinha, fez outra carteira e me entregou falando que a antiga não valia mais. Eu estou extremamente preocupada, não sei se estou ou não imunizada. Eles me falaram que eu tinha que fazer outra notificação para a Secretaria de Saúde do Estado e que eles (setor de imunização) iam ficar me monitorando porque eu tinha feito outra vacina, para ver se ia dar reação ou não. Também falaram para ficar atenta, e qualquer coisa entrar em contato com eles. Ainda me falaram que eu teria que voltar para tomar outra vacina. Eu fiquei braba, e disse que eu não era cobaia de ninguém para ficar testando vacinas - conta Carmem.

Nesta quarta-feira, ela contou à reportagem que teve sintomas semelhantes a de uma gripe. 

Prefeitura confirma caso e toma medidas

A prefeitura de Santa Maria confirmou o caso ainda na noite de terça-feira. Em nota enviada pela assessoria de comunicação, o Executivo se manifestou explicando que o setor de imunização está revendo os processos de trabalho junto aos servidores que atuam na vacinação contra a Covid-19 para que os erros sejam minimizados para não prejudicar as pessoas. A prefeitura informa também que a Secretaria Estadual de Saúde está ciente e acompanha o caso.

Leia a nota na íntegra:

"Com relação às situações de possíveis erros de aplicação da vacina contra a Covid-19, a Prefeitura, por meio do Setor de Imunização da Secretaria de Saúde, explica que:

Reconhece os incidentes e imediatamente está revendo processos de trabalho junto aos servidores que atuam nas ações de vacinação contra a Covid-19 há sete meses de forma incansável para que possíveis erros sejam minimizados sem prejudicar a usuária e demais cidadãos que procuram a imunização;

Todo tipo de auxílio foi disponibilizado para a usuária no sentido de melhor informar e de como proceder junto aos órgãos competentes, inclusive com a orientação de que houvesse notificação para a Secretaria Estadual da Saúde, o que, de fato, ocorreu;

A Secretaria Estadual de Saúde é sabedora do caso da usuária, além de estar orientando toda a conduta da Secretaria Municipal de Saúde;

Conforme a Secretaria Estadual de Saúde, a aplicação da segunda dose de laboratório diferente da primeira não representa risco para a saúde da usuária nem inviabiliza a imunização completa, uma vez que a previsão de aplicação de uma terceira dose deverá ser de laboratório diferente;

Lamenta-se imensamente o ocorrido, na esperança de que a situação não dificulte a procura da população pela vacina nem coloque em xeque o excelente desempenho dos profissionais que atuam no combate à pandemia."

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias