Sexta, 17 de Setembro de 2021
16°

Chuva

São Borja - RS

Especiais Portal Fronteiriço

Missão bem sucedida: Militar resgata quase 200 animais do Afeganistão

.

31/08/2021 às 15h58 Atualizada em 01/09/2021 às 13h49
Por: Redação
Compartilhe:
Facebook/Pen Farthing
Facebook/Pen Farthing

Pen Farthing, o homem que queria salvar os animais do seu abrigo de acolhimento no Afeganistão, conseguiu sair do país com mais de 100 animais.

Recorde-se que o antigo membro da Marinha Real britânica fundou um abrigo para animais abandonados, em Cabul, no Afeganistão, e queria salvar os animais do seu santuário, tendo juntado dinheiro suficiente para alugar um avião.

O homem aterrou no aeroporto de Londres Heathrow, com os animais, na manhã de domingo, num avião privado.

Apesar de ter conseguido resgatar os animais, Paul Farthing deixou para trás toda sua equipe, que agora espera ser ainda retirados do Afeganistão, onde os talibãs começam a apertar o cerco à saída de estrangeiros.

Segundo o veterinário Iain McGill, que seguia a bordo o mesmo avião, foram retirados em segurança entre 90 a 100 cães e 60 a 70 gatos.

" Os animais, considerando pelo que passaram, estão todos em boa forma", afirmou Paul.

Na primeira tentativa de deixar o país, Paul Farthing acabou por ver o carro ser alvo de um ataque. Conseguiu escapar ileso, e agora encontra-se em segurança.

O antigo fuzileiro vivia em Cabul desde 2007, data em que fundou o abrigo Nowzad, para cães e gatos. Depois dos talibãs terem recuperado o poder afegão, Paul afirmou que só deixaria a cidade com os membros do staff (entre eles as três primeiras veterinárias formadas no país) e os 200 animais da sua instituição. Conseguiu apenas a segunda parte, mas mostrou-se feliz pelo feito.

A operação de resgate foi conseguida graças à instituição de caridade Nowzad. Recorde-se, contudo, que esta operação gerou algumas críticas, uma vez que se considerou inapropriado estar a salvar animais, quando no aeroporto de Cabul ainda permanecem milhares de pessoas à espera para sair do país.

Segundo o Daily Mail, os animais estão agora a cumprir um período de quarentena, sendo que animais que apresentem doenças, serão abatidos.

Fonte: Notícias ao Minuto/ Tvi 24

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias